Cores de Aidê | Site Oficial

O Bloco

O Bloco!

O Bloco Cores de Aidê nasceu em 18 de junho de 2016 com o intuito de abrir espaço para todas as mulheres que se identificam e têm vontade de participar efetivamente de um bloco de samba-reggae e, mais ainda, das Cores de Aidê. A potência reside na coletividade das diversas mulheres que se encontram no centro percussivo desse movimento, pulsando suas baquetas e corpos numa rede onde a colaboração e a cumplicidade dão a tônica do grupo.

Atualmente o Bloco Cores de Aidê conta com alas percussivas: surdos, caixas, repiques, fundos, xequerês; e dança. A regência de cada Ala conta com a presença das integrantes da Banda Cores de Aidê: Sarah Massí – diretora geral; Bê Sodrê – Caixas e Repiques; Nine Martins – surdos; Nattana Marques – Surdo Contra Tempo; Carla Luz – Fundos; Cris Fernandes – Xequerês; Fê Jerônimo – Dança.

Mais de 250 mulheres passaram pelo Bloco Cores de Aidê, desde seu início. Hoje, aproximadamente 150 seguem ativas no grupo que, a cada dia, cresce mais um pouco. A diversidade étnica/racial, geracional, estética, de classe, religiosa, de trajetórias, etc. asseguram trocas constantes e aprendizados horizontais colocando na ordem do dia reflexões sobre as categorias sociais que, muitas vezes e em grande medida, estabelecem as relações de opressão.

Como filhas dos Morros, Cores de Aidê nasce no Morro do Quilombo e, com o auxílio da Escola de Samba Embaixada Copa Lord, muda-se para o Morro do Monte Serrat/Morro da Caixa em busca de um espaço que caibam mais mulheres, maior proximidade com as comunidades do Maciço do Morro da Cruz, local de maior concentração de população negra e berço de entidades icónicas para o movimento negro local, como a própria Escola de Samba citada acima.

Os ensaios acontecem aos sábados e são abertos à todas as mulheres. Não há necessidade de experiência anterior em dança e/ou percussão, tão pouco instrumentos, o objetivo é aprender Juntas! Construir Juntas! Estabelecer uma relação de aprendizagem e construção que transgride os limites hierárquicos impostos socialmente é uma das belezas do Bloco Cores de Aidê: TODOS OS CORPOS CABEM!

Além dos ensaios, mensalmente é realizado uma roda de conversa, aberta à comunidade em geral, onde debatemos e refletimos sobre temas de combates às opressões contando com a presença de convidadxs que pesquisa, trabalham e/ou vivenciam a temática, para além do essencialismo e do senso comum, trazendo elementos ricos e aprofundados para a conversa e contribuindo para o caráter político e contra-hegemônico do grupo. É uma oportunidade também de debatermos com nossos pares e pessoas que não compõem o Bloco, mas se aproximam da proposta do grupo. Assim como, uma alternativa de experienciar de outro modo a comunidade, uma vez que os encontros ocorrem no Parque Natural Municipal Maciço do Morro da Cruz.

Sábado das 15:00 às 17:00 te esperamos lá pra cairmos juntas no SAMBA REGGAE!!!!
Vem com Aidê.

Sarah Massí coordenando a percussão

Informações sobre o Bloco Cores de Aidê:
Quando: Todos os Sábados
Horário: 15h às 17h
Local: Rua Gen. Nestor Passos, 440 (na Caixa D’Água) – Centro – Comunidade Mont Serrat
Contato: (48) 9912-9943